De Povos Indígenas no Brasil

News

Arqueira indígena amazonense se classifica para Jogos Pan-Americanos

06/05/2019

Fonte: A crítica https://www.acritica.com



Acertar o alvo é uma especialidade da arqueira indígena Graziela Santos e no último fim de semana a amazonense de 23 anos, da etnia Karapãna, voltou a mostrar todo seu talento ao alcançar um dos maiores objetivos do ano: a vaga nos Jogos Pan-Americanos de 2019. A Seletiva aconteceu em Maricá, no Rio de Janeiro, e Graziela se classificou batendo o seu recorde pessoal.

"Essa seletiva era a mais importante do ano já que dava vaga para os Jogos Pan-Americanos, que é uma competição super importante e para mim era um dos objetivos para representar o Brasil. Então creio que vai ser uma importante competição para a minha carreira e no Pan espero conseguir ter um bom resultado para o Brasil, para o estado do Amazonas e para mim", revelou a atleta do Tiro Com Arco.

Sem perder o foco, a arqueira já volta a fazer o que pratica com maestria: mirar nos próximos alvos. "Eu creio que vou ficar treinando aqui em Maricá-RJ, para o Pan Americano, já estou aqui treinando para o Mundial, na Holanda, onde podemos conseguir vaga para as Olimpíadas por equipe", explicou Graziela.
Em março, Graziela participou do Grand Prix do México de Tiro com Arco, no México, e levou para casa medalha de prata na competição. Agora concentrada na sede da Confederação Brasileira de Tiro Com Arco, Graziela será treinada pelo técnico da Seleção Brasileira da modalidade, o cubano Jorge Luis Carrasco Fernández. O Campeonato Mundial Adulto acontece de 09 a 16 de junho e, logo depois vêm os Jogos Pan-Americanos, que será disputado de 26 de julho até 11 de agosto. Agora, antes mesmo de se classificar de iniciar a disputa das próximas competições, a atleta já se prepara para outra conquista importante: atrair cada vez mais praticantes para a modalidade no Amazonas.

"É sempre bom, quando a gente consegue vaga na Seleção Brasileira para participar das competições internacionais o pessoal sempre procura. O nosso grande problema para as atletas daqui é que não temos campo ainda, um campo só para o Tiro com Arco, isso dificulta um pouco, mas é sempre assim: sempre que ganhamos alguma medalha, participamos de competições internacionais, passamos pelas seletivas, sai nos jornais e na televisão, o povo sempre procura", revelou, otimista.



https://www.acritica.com/channels/esportes/news/arqueira-indigena-amazonense-se-classifica-para-jogos-pan-americanos
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source