De Povos Indígenas no Brasil

Noticias

Cacique preso suspeito de exigir R$ 7,5 mil para liberar caminhoneiro é solto em MT

17/10/2019

Fonte: G1 - https://g1.globo.com



Robson Tsu'a e Cristovão Tserero foram presos por extorsão. Defensoria entrou com liminar pedindo a soltura do cacique, argumentando que a prisão causou comoção na comunidade indígena e afetou o cotidiano da tribo.

O cacique Robson Tsu'a Teserê Urã, da Terra Indígena São Marcos, preso suspeito de extorsão, foi solto na terça-feira (15) após decisão da Justiça em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. Além dele, outro indígena, Cristovão Tserero O'di Tsôrõre, também é suspeito de extorsão.

De acordo com a Polícia Civil, os índios impediram a passagem de um caminhão e exigiram R$ 7,5 mil do motorista para a liberação do veículo, na aldeia São Marcos, da etnia Xavante, no dia 5 de outubro.

O juiz da Segunda Vara Criminal de Barra do Garças, Alexandre Delicato Pampado, determinou, na quinta-feira (10), a expedição de alvará de soltura de Cristovão e decretou a prisão preventiva do Cacique Robson.

Durante a audiência de custódia, um grupo de aproximadamente 100 indígenas tentou invadir o Fórum de Barra do Garças.

Após a prisão, a Defensoria Pública de Mato Grosso entrou com uma liminar pedindo a soltura de Robson, argumentando que a prisão causou comoção na comunidade indígena e afetou o cotidiano da tribo, no que diz respeito aos rituais, cultura e direcionamento.

Ainda, a defensoria afirmou que a soltura do cacique é relevante para restabelecer a vida do povo Xavante.

O pedido foi acatado pelo juiz e Robson foi solto.

"Não se evidenciam os fundamentos da prisão preventiva, sobretudo, por tratar-se de réu primário, com residência fixa, o que me leva a concluir que não apresenta perigo à ordem pública nem mesmo à aplicação da lei penal", diz trecho da decisão.

O juiz fixou medidas cautelares ao cacique. Ele deverá comparecer em juízo para informar e justificar as atividades que fizer, não poderá ausentar-se da região sem autorização da Justiça.

Caso ele não cumpra essas medidas, poderá ser preso novamente





https://g1.globo.com/mt/mato-grosso/noticia/2019/10/17/cacique-preso-suspeito-de-exigir-r-75-mil-para-liberar-caminhoneiro-e-solto-em-mt.ghtml
 

Las noticias publicadas en el sitio Povos Indígenas do Brasil (Pueblos Indígenas del Brasil) son investigadas en forma diaria a partir de fuentes diferentes y transcriptas tal cual se presentan en su canal de origen. El Instituto Socioambiental no se responsabiliza por las opiniones o errores publicados en esos textos. En el caso en el que Usted encuentre alguna inconsistencia en las noticias, por favor, póngase en contacto en forma directa con la fuente mencionada.