De Povos Indígenas no Brasil

Notícias

Incêndio destrói mais de 360 hectares na Serra dos Órgãos

10/08/2020

Fonte: O Globo, Rio, p. 10



Incêndio destrói mais de 360 hectares na Serra dos Órgãos

Fogo em parque nacional, que começou na última terça-feira, já foi controlado. Comandante do Corpo de Bombeiros diz que pode ter havido crime ambiental

Lívia Neder

Terminou neste domingo o rescaldo dos incêndios que atingiam o Parque Nacional da Serra dos Órgãos (Parnaso), na Região Serrana do Rio, desde terça-feira. De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão que administra a unidade, o fogo degradou mais de 360 hectares da área preservada, o que corresponde a cerca de 360 campos de futebol. Uma equipe de brigadistas vai fazer hoje um monitoramento preventivo da região.

Segundo o tenente-coronel Gil Kempers, comandante do 15o Grupamento de Bombeiro Militar de Petrópolis, que coordenou a operação, ao que tudo indica, os dois incêndios devem ter sido provocados pela ação humana. O de terça tem indícios de ter sido causado pela queda de um balão e se alastrou pela região da Pedra do Açu, Ajax e Morro da Bandeira. No sábado, quando as equipes estavam finalizando o rescaldo, um segundo incêndio atingiu a parte baixa do Bonfim, uma região conhecida como Mãe D'Água. As investigações estão sendo conduzidas pela 106ª DP (Itaipava-Petrópolis).

- Neste incêndio de sábado, os vizinhos do parque disseram que foram garotos que atearam fogo para ver a aeronave combater. Era muita gente tirando fotos e vídeos. Se não agíssemos rápido, teria destruído boa parte do parque. O primeiro incêndio provavelmente foi provocado por um balão pelo tipo de queimada e pelo local em que começou o fogo, um ponto sem trilha e bem distante. É revoltante. Não é possível que as pessoas não entendam o risco para a natureza e aos profissionais. Os brigadistas arriscam suas vidas saltando de aeronaves que nem conseguem pousar na mata. Como a umidade relativa do ar está baixa, e estamos há muitos dias sem chuva, o fogo se espalhou rapidamente - explicou Kempers.

A força-tarefa contou com profissionais do Corpo de Bombeiros, ICMBio, Ibama, Inea e Defesa Civil Municipal. Nos seis dias de ação, as equipes reuniram de 50 a 80 agentes diariamente. O combate ao fogo aconteceu, na maior parte do tempo, a 2.500 metros de altitude.

Criado em 1939, o Parnaso é o terceiro parque mais antigo do país. São 20.024 hectares protegidos nos municípios de Teresópolis, Petrópolis, Magé e Guapimirim. A unidade abriga mais de 2.800 espécies de plantas catalogadas pela ciência, 462 espécies de aves, 105 de mamíferos, 103 de anfíbios e 83 de répteis, incluindo 130 animais ameaçados de extinção e muitas espécies endêmicas.

Fechado desde março por conta da pandemia, o parque costuma receber 160 mil visitantes por ano.

O Globo, 10/08/2020, Rio, p. 10

https://oglobo.globo.com/rio/incendio-destroi-mais-de-360-hectares-na-serra-dos-orgaos-24577361
 

As notícias publicadas no site Povos Indígenas no Brasil são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos .Caso você encontre alguma inconsistência nas notícias, por favor, entre em contato diretamente com a fonte.