De Povos Indígenas no Brasil

News

Indios permanescem acampados na Fundação Nacional da Saúde

19/06/2001

Fonte: Correio da Bahia - Salvador-BA



A situação dos cerca de 200 índios pankararés e de outras duas tribos no município de Paulo Afonso é crítica. Eles estão acampados na sede na Fundação Nacional de Saúde, desde a semana passada, para cobrar do governo federal mais assistência médica. Pelo menos dez índios estão doentes, com sintomas de diarréia, febre e dor de cabeça, aliados à desnutrição. Até o início da tarde ontem, as tribos não haviam recebido qualquer informação concreta assinalando uma solução para o problema. A gerência da Fundação Nacional da Saúde (FNS) em Paulo Afonso ainda está aguardando resposta da direção geral, em Brasília. Enquanto as medidas são aguardadas, os índios continuam decididos a permanecer na área. Eles querem que o posto de saúde que atendia o povo indígena do município volte a funcionar, com infra-estrutura adequada, incluindo médicos, atendimento de emergência e remédios. Os índios vivem em condições precárias de moradia e alimentação. A base de sobrevivência é a lavoura de subsistência. Mas com a escassez de chuvas durante o ano, o plantio não está garantindo o suficiente para o alimento mais farto. Porém, o que eles querem mesmo no momento é assistência médica. Entre as tribos, existem muitos idosos que necessitam de tratamento mais específico. A reportagem do Correio da Bahia não conseguiu manter contato com a direção da Funai, em Paulo Afonso, pois ninguém atende o telefone 75-281-6733. Apesar de estarem dispostos a resistir, os índios mantêm o clima de tranqüilidade sem ameaças por parte da polícia.
 

The news items published by the Indigenous Peoples in Brazil site are researched daily from a variety of media outlets and transcribed as presented by their original source. ISA is not responsible for the opinios expressed or errors contained in these texts. Please report any errors in the news items directly to the source