De Povos Indígenas no Brasil

Noticias

População indígena é de 1,2 mil pessoas em Osasco

14/05/2010

Fonte: Jornal Diário da Região - http://www.webdiario.com.br



Apesar de ser uma cidade essencialmente urbana e "encravada" na região Metropolitana de São Paulo, Osasco tem 1,2 mil moradores que se definem como indígenas. É o que aponta levantamento da Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Inclusão, da Prefeitura de Osasco, baseado em microdados do último Censo Demográfico elaborado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), em 2000.

Os números foram apresentados durante o seminário "O Povo Pankararé em Osasco: origem, trajetória e desafios das Políticas Públicas para os povos indígenas nas cidades", realizado no Centro Público de Economia Solidária, durante as comemorações da 4ª Semana dos Povos Indígenas em Osasco.

De acordo com Ronnie Aldrin Silva, coordenador do Programa Osasco Digital (responsável pelo levantamento), o número de mulheres indígenas na cidade é bem superior ao de homens, situação que também supera a da média da população. "Sabe-se que em Osasco vivem oficialmente três tribos indígenas: a dos Pankararés, Pankararus e Xukuru-Karirir. E quase dois terços dos indígenas que moram em Osasco são mulheres, 61,5%. Para o restante da população do município, este número é de 51,3%", revelou.

Segundo ele, im dos dados que mais chamou atenção foi o tipo e local de moradia destes índios, já que 47,6% residem em favelas. Apesar disso, 43,1% possuem uma ocupação remunerada, enquanto a média nacional é de 25,9%.

Já com relação aos bairros onde se concentram, boa parte reside na Zona Norte da cidade, principalmente nos bairros Bonança, Baronesa, Portal D'Oeste, Munhoz Junior, Rochdale e Helena Maria, além dos bairros Jaguaribe, Veloso, Jardim Roberto e Bandeiras, na zona sul.

http://www.webdiario.com.br/?din=view_noticias&id=43938&search=
 

Las noticias publicadas en el sitio Povos Indígenas do Brasil (Pueblos Indígenas del Brasil) son investigadas en forma diaria a partir de fuentes diferentes y transcriptas tal cual se presentan en su canal de origen. El Instituto Socioambiental no se responsabiliza por las opiniones o errores publicados en esos textos. En el caso en el que Usted encuentre alguna inconsistencia en las noticias, por favor, póngase en contacto en forma directa con la fuente mencionada.